lundi 23 juin 2008

eu, combustão eterna

vazio... o que completaria a existência humana? só se é completo com laços fictícios, amorosos e sanguíneos? não posso ser por mim mesma? cultivo meu individualismo saudável, onde há lugar para ser. apenas ser.
morte aos hipócritas. moralismo disfarçado de cafajestagem. o maior e mais cruel individualismo é o que finge não ser. finge-se indiferente.
tem o passional ponto a explodir.

1 commentaire:

aspirina a dit…

não entendi o porque da pergunta.

o individualismo é o mal do século.
assim como sua salvação.

a solidão. ah, solidão.